Cães de corrida de raça rara são achados esqueléticos em criadouro clandestino. - Salve o Planeta

Cães de corrida de raça rara são achados esqueléticos em criadouro clandestino.

- abril 21, 2018


A o menos seis cães Galgo Italiano em condições de maus-tratos foram resgatados de uma residência em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na sexta-feira (20). Dois animais foram encontrados mortos. A polícia suspeita de que o local era usado como criadouro clandestino para reprodução e comercialização da raça.

Vizinhos acionaram equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) após sentirem um forte odor de podridão proveniente do imóvel, que fica na Rua Guiana Francesa, no bairro Guilhermina. Eles suspeitavam que o proprietário estivesse morto dentro da casa, já que não era visto há pelo menos duas semanas.


Sem entrar na propriedade, os policiais conseguiram notar os cães em aparente estado de desnutrição e desidratação em um dos cômodos. Imagens foram captadas e, em seguida, levadas para o delegado plantonista da área, que permitiu a entrada da equipe no imóvel, após o arrombamento de cadeados.

Na casa, os agentes não encontraram o proprietário do imóvel, mas depararam-se com os cachorros, assustados e sem qualquer tipo de alimentação ou fonte de água, em um local insalubre. Em um corredor, eles localizaram a ossada de um cão e, dentro de um cômodo trancado, outro animal em decomposição.

Seis cães foram encontrados em condições de maus-tratos em Praia Grande, SP (Foto: Divulgação/PMA)








Seis cães foram encontrados em condições de maus-tratos em Praia Grande, SP (Foto: Divulgação/PMA)




Seis cães foram encontrados em condições de maus-tratos em Praia Grande, SP (Foto: Divulgação/PMA)



Equipes da Vigilância Sanitária e do Departamento de Zoonoses também foram ao imóvel e constataram, com veterinários, as condições críticas às quais os animais eram submetidos. Todos os cachorros vivos foram apreendidos pela polícia e levados para tratamento em um centro especializado na cidade.

O proprietário do imóvel, que não havia sido localizado até este sábado (21), será multado R$ 30 mil pela Polícia Militar Ambiental. Na Polícia Civil, ele também vai responder a um inquérito sobre crime ambiental. O local, agora, é alvo de uma investigação para saber se, de fato, funcionava como criadouro ilegal.

O Galgo Italiano é considerado uma raça nobre entre os cães com habilidade para caça. O animal é capaz de atingir 80 km/h e, por isso, é bastante disputado entre pessoas que participam de competições de velocidade. Quando comercializado de maneira legal, ele pode ser vendido por mais de R$ 4 mil.

Fonte: G1

Advertisement